PARA EMPRESAS_

Você talvez ache estranho tratar sobre este tema em uma empresa - afinal, a morte nunca foi um assunto encarado facilmente em nossa sociedade.

Estamos aqui para lhe dizer que a pandemia acelerou a nossa necessidade de promover conversas sinceras sobre a vida e a morte. Famílias, escolas, empresas, cidades, estados, o Brasil e o mundo precisarão aprender a conviver com as cicatrizes desse trauma.

Nunca foi tão necessário naturalizar as conversas sobre perdas e lutos para criar uma cultura organizacional que esteja preparada para enfrentar os novos desafios humanos que estão emergindo.

O impacto do luto na produtividade é inquestionável podendo acarretar problemas com o sono, ansiedade, falta de foco, irritabilidade, tristeza, depressão.

Continue lendo


No Japão, por exemplo, a pandemia agravou o quadro de suicídios. O governo criou um Ministério da Solidão para o manejo desta crise. Já nos Estados Unidos, já existe um movimento pressionando para que o governo trate o luto como uma questão de saúde pública, assim como obesidade, fumo e alcoolismo.

Só será possível atravessar este desafio com o apoio das corporações cuidando dos seus colaboradores e se associando a movimentos da sociedade civil.

Serão necessárias muitas intervenções a curto, médio e longo prazos e a sua companhia pode fazer a diferença. O que estamos vivendo exige das corporações uma evolução da cultura organizacional com a naturalização das perdas e lutos.

Oferecemos palestras, workshops, treinamentos, grupos de escuta, encontros temáticos, desenvolvimento de materiais focados em psicoeducação e eventos personalizados.

Vamos conversar?

BENEFÍCIOS PARA EMPRESAS_

Produtividade
O trabalhador que se sente acolhido no ambiente de serviço tende a ter mais foco.
União
Um time que compartilha vulnerabilidades tende a funcionar melhor em equipe.
Confiança
O funcionário que sabe que o gestor se preocupa com a saúde mental de cada um consegue trabalhar com mais segurança.

PORQUE É IMPORTANTE_

Desde o início da pandemia, não conseguimos passar um dia sequer sem conviver com a morte bem de perto. São milhares de mortos e milhões de enlutados. Aprender a lidar com os adoecimentos e lutos no contexto de cada funcionário é fundamental para preservar a saúde mental de todos e manter a integridade da equipe.

O inFINITO
PODE AJUDAR_

Capacitação de
gestores/ RH
Workshops com profissionais de comando para melhorar a interlocução com funcionários.
Rodas de conversa
Abrir o diálogo diretamente com os profissionais de cada time e criar um espaço seguro para que estes temas sejam postos na mesa.
Palestras
O funcionário que sabe que o gestor se preocupa com a saúde mental de cada um consegue trabalhar com mais segurança.

QUEM JÁ ESTÁ CUIDANDO DA SUA EQUIPE_

Nossa história com a Unilever vem de longa data, pois o Tom, nosso fundador, foi executivo de marketing por muitos anos, e mesmo depois de ter deixado a empresa seguiu criando projetos por lá. E no ano passado começamos nossa parceria com projetos voltados para perdas e lutos.

Desde então já foram 03 palestras e um treinamento sobre o luto para a equipe de champions de saúde mental.  E já estamos conversando sobre treinamentos com lideranças e projetos de acolhimento para as fábricas.

Em 2020 desenvolvemos uma ação de relacionamento superinteressante com profissionais de saúde para este cliente. A Sulamerica Saúde presenteou 250 profissionais de saúde com inscrições para o Festival inFINITO de 2020.

Este é o tipo de ação com um custo por convidado muito atrativa que promove um fortalecimento na relação  e com um impacto positivo de longo prazo. Este formato é também muito interessante para abrir a conversa, acolher e criar repertório para os colaboradores. Uma boa oportunidade para presentear colaboradores internos ou mesmo parceiros externos, como clientes e figuras importantes para relacionamento.